Na Política

Biblia Online

05/05/17 | 08:34h (BSB)

Vereadora lamenta que Aracaju apenas respire lixo

A defensora pública e vereadora, Emília Corrêa (PEN), ocupou a tribuna da Câmara Municipal de Vereadores de Aracaju (CMA) nessa quinta-feira 04, para dizer que a cidade Aracaju não tem absolutamente nada nas ruas, alem de lixo, tão somente lixo.


De acordo com a parlamentar, o assunto do lixo vem incomodando não apenas o olfato das pessoas. Para ela, o que é básico a administração municipal não está oferecendo.


“Estamos sem saúde, sem segurança, sem educação e a cidade de Aracaju está no lixo. E lamentavelmente o lixo vem tomando conta da capital em todos os aspectos; e não é apenas o lixo material, é o lixo da falta de cuidado com as pessoas, que sofrem pela falta de senso de cidadania e responsabilidade de quem governa as questões prioritárias do povo”, pontou.


Para Emília, a cidade de Aracaju respira lixo e a situação vem sendo empurrada com desleixo pela administração municipal todos os dias. As pessoas nas ruas estão cobrando uma resposta efetiva para o que está acontecendo com a limpeza da cidade.


“O prazo do contrato emergencial para coleta do lixo está prestes a vencer, e os aracajuanos já perguntando como é que vai ficar a situação. Um novo contrato emergencial será feito? Como será justificado? Mais uma vez o problema do lixo vai ser empurrado para frente? E a licitação? Essa ninguém fala! A licitação é questão histórica em Aracaju. O único processo licitatório foi no final da administração do ex-governador Marcelo Deda, depois disso, começaram as "situações emergenciais”; e tome Torre pra cá, e vai a Torre para lá”, lembrou.


Segundo Emília, os vereadores foram eleitos para defender os interesses da população e não ficar com falsas justificativas sobre quem vai, ou não, responder pelo escândalo da coleta do lixo.

“O povo fica perguntado aos vereadores nos quatro cantos da cidade sobre quando vai se resolver o problema do lixo e parece que estamos defendendo o quanto pior melhor. Deus me livre! Minha família está na nossa Aracaju. Fui adotada por Aracaju, e pelo carinho do meu povo, e nós, os aracajuanos, queremos o melhor para Aracaju, mas não vejo quem deve querendo se esforçar para dar o melhor. Ao que parece, sempre se quer dar um jeito em um "negocio". Que jeito é esse? Eu também quero saber”, concluiu.


Da Ascom



26-06-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter