Na Política

Biblia Online

19/04/17 | 08:15h (BSB)

Maria cobra a garantia de direitos dos professores da rede pública estadua

Ao participar de audiência pública com o secretário estadual da Fazenda, Josué Modesto Subrinho, na manhã desta segunda-feira, a deputada estadual Maria Mendonça (PP) levantou algumas preocupações relativas a área da educação. Ela observou, por exemplo, que a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) projetou uma retração de R$ 1,39 milhão nos repasses do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) para Sergipe, este ano. “O cenário projetado pela STN deve deixar o governo em estado de alerta”, frisou a parlamentar.


Ela ressaltou ainda que, até agora, o governador Jackson Barreto não sinalizou a respeito da garantia dos direitos dos profissionais, o que pode provocar uma reação dura por parte dos professores, a exemplo do que ocorreu ano passado, cuja greve prolongada ainda traz consequências, sobretudo, para a classe estudantil, pois muitas escolas ainda não concluíram o ano letivo de 2016. “Essa retração do Fundeb é algo que nos deixa bastante preocupada”, afirmou.


A deputada lembrou que os professores já apontam para a possibilidade de uma nova greve porque têm visto os seus direitos desrespeitados. “Houve um reajuste do salário-base dos professores da ordem de 6,74%; vários municípios têm feito esforço para honrar esse compromisso, mas o governo ainda não sinalizou nessa perspectiva”, afirmou.


Maria ressaltou que o governador Jackson Barreto precisa garantir os direitos dos professores para evitar alguns transtornos, a exemplo de uma nova paralisação. “Os professores têm o direito de lutar e o governo precisa fazer a parte que lhe cabe para evitar mais prejuízo, sobretudo, para a classe estudantil”, defendeu a deputada.


Para ela, o governo precisa planejar os quatro anos de gestão. “É obvio que ajustes podem ser necessários em alguns momentos dada a necessidade de realinhamento das ações, mas o que nós observamos é que, neste governo, a saúde, a educação e a segurança não são prioridades. Compreendemos que são áreas essenciais e que devem ser priorizadas, afinal, estamos lidando com vidas”, frisou Maria.


Atuação –Ao destacar a importância da indicação de Josué para ocupar a pasta da Fazenda, Maria ressaltou o trabalho do secretário à frente da reitoria da Universidade Federal de Sergipe (UFS), dando importante contribuição aos sergipanos.


“Fiquei contente com a chegada de Vossa Senhoria à Secretaria da Fazenda, pois como professor, tende a fazer reflexões dos atos que adota, buscando apontar os problemas e as consequentes soluções”, afirmou a deputada.

A audiência da qual o secretário participou atende a uma recomendação constitucional. Na Comissão de Economia e Finanças da Assembleia Legislativa, ele expôs os números financeiros do Estado relativos ao último quadrimestre de 2016.


Da Ascom



26-06-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter