Na Política

Biblia Online

10/03/17 | 08:25h (BSB)

Emília Corrêa lamenta contratação de médicos para substituir grevistas

Durante o pequeno expediente da Câmara Municipal de Aracaju de quinta-feira, 9, a defensora pública e vereadora, Emília Corrêa (PEN), ocupou a tribuna para lamentar a contratação de 88 médicos para substituir os profissionais que estão em greve.

Segundo a parlamentar, a questão dos médicos é grave e a contratação desses profissionais por parte da Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) é, no mínimo, uma incongruência.

"A prefeitura está na contramão de muita coisa e não dá mais para sustentar essa situação. Vários médicos concursados precisam receber seus salários, o que é legítimo e natural. Que os gastos com os contratados sejam aplicados para pagar os médicos que estão em greve e não estão sendo ouvidos pelos gestores", disse.

Emília destacou a luta e os direitos dos médicos. “Esses profissionais vêm trabalhando diuturnamente e lutando por seus direitos sem deixar a população desassistida dos serviços de saúde. É injustificável e perverso o que vem acontecendo. Esse dinheiro que irá pagar os médicos contratados deve ser aplicado para pagar os grevistas e não o município desembolsar dos cofres públicos R$ 700 mil e dizer que não pode pagar a folha de dezembro de 2016”, lamentou.


Da Ascom



28-05-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter