Na Política

Biblia Online

10/11/16 | 12:18h (BSB)

Jackson fala em ciúmes e Amorim rebate: ter posto de governador não quer dizer administrar

Os senadores Eduardo Amorim (PSC), Antonio Carlos Valadares (PSB) e Pr. Vírgilio (PSC) buscaram o apoio da força nacional para combater a violência em Sergipe, mas o governador Jackson Barreto (PMDB) considerou uma ação de ciúmes. "Os três assumem a postura de crianças birrentas. Eles ficaram enciumados com a presença do Ministro da Justiça no Estado: temos que ir no ministério também, por que o ministro prestigiou o governador e precisa nos receber. Nós temos que aparecer", criticou o governador, completando ainda: "esquecem os três que o governador do Estado é Jackson Barreto, do PMDB".

 

Diante dessas colocações repercutidas pela rádio Mix FM, o senador Eduardo Amorim rebateu: "ter o posto de govenador não quer dizer que governa, administra, gere. Diferente disso, de fato o senhor não sabe, não conhece a relação de problemas existentes em Sergipe e em Aracaju. Em seus posicionamentos, o senhor deixa claro não apenas do total desconhecimento das mazelas que afligem nosso Estado como as ações, projetos e diretrizes que cada ministério contém. Já que fez questão de lembrar que é o governador, espero que tome o posto o mais breve, não espere que o nosso Estado vá para o fundo do poço. Não sei qual o conceito de infantilidade para o senhor, mas se ser infantil é reivindicar direitos para o nosso povo, devo dizer que o conceito para isto é maturidade. Uma das funções de um bom parlamentar é fiscalizar o governo", pontuou o senador.

 

 



25-05-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter