Na Política

Biblia Online

18/05/15 | 11:04h (BSB)

"Educação em Sergipe vai de mal a pior dos governos PSDB ao PMDB, passando pelo PT"

*Por Sônia Meire 

 

Greve dos professores em Sergipe: Tem o meu total apoio e solidariedade!

A educação em Sergipe vai de mal a pior nos sucessivos governos do PSDB ao PMDB, passando até pelo PT, no qual acreditei e dediquei muitos anos, mas que hoje atua contra a classe, para segurar a luta do magistério e dos funcionários de escola.
Essa greve para ser vitoriosa precisa sempre apontar para além do corporativismo do piso e da carreira, apresentando as demais pautas em defesa da escola pública, contra a privatização, sempre em diálogo aberto e solidário com a comunidade e os pais e alunos. E nesse caminho achamos importante apresentar a discussão da necessidade de uma greve geral, pois a crise social que nos atinge vai muito além da educação.

 

Tenho limitações para poder participar de todas as atividades, por conta do trabalho, mas também pela militância em torno da greve das universidades federais que está prevista para o final do mês. A terceirização e os sucessivos cortes feitos pelo governo Dilma tem sucateado cada vez mais a expansão das vagas, as condições de trabalho e a política de permanência nas universidades públicas. Até mesmo os recursos do FIES sofreram impacto. Um cenário difícil. Mesmo assim, no que for possível estou a disposição para lutarmos ombro a ombro!

 

E não adianta ameaças, assédio moral e repressão. Não vai segurar por muito tempo, como estão demonstrando os professores de todo o país, em especial do Paraná! Não tem arrego!

 

Toda força as/os professoras/es e funcionários de escola!

 

Jackson, respeite as/os educadora/es de Sergipe!

Contra a repressão e a criminalização dos lutadores!
Unificar as lutas para criar as condições de uma greve geral!
Só a Luta Muda a Vida!

 



30-04-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter