Na Política

Biblia Online

19/02/15 | 10:27h (BSB)

SABEDORIA

Por muito tempo, eu estive a observar certas situações que não se encaixam na minha forma de pensar: pessoas boas, bem preparadas e tendo as coisas na sua vida sempre dando errado. Já conheci pessoas que, no meio cristão, são chamadas de “pessoas de oração, pessoas fervorosas”, que procuram andar sempre certinhas diante de Deus, fiéis em seus compromissos, porém com sua vida complicada e, às vezes, até endividadas. Conheci também pessoas com um potencial profissional incrível, daquelas que a gente olha e sente até admiração, mas que não decolam em suas vidas. Da mesma forma, há casais que tem escrito em seus olhos o amor que um sente pelo outro, mas, mesmo assim, brigam mais do que qualquer outra coisa.

 

Diante dessas observações, fico a questionar: “O que poderia estar errado com tais pessoas?” Percebo, pelos muitos atendimentos que faço (quando aprendo muito sobre o ser humano) que, possivelmente, uma das maiores dificuldades em se acertar na vida e nos relacionamentos interpessoais é a falta de sabedoria. Veja que não estou falando de “falta de inteligência”, mas “falta de habilidade para aplicar o conhecimento que se tem”. Salomão, conhecido como um dos homens mais sábios da Bíblia Sagrada, diz: “Como é feliz o homem que acha a sabedoria, o homem que obtém entendimento.” (Provérbios 3:13).

 

Isso é o que tenho visto faltar às pessoas: sabedoria. Interessante é que, pelo quanto conhecemos sobre as pessoas à nossa volta, deveríamos ter certa facilidade para lidar com elas. Mas não tem sido assim. Antes, pelo contrário, as pessoas estão sempre se ofendendo e parece que, sem querer dar o braço a torcer, não fazem o que o outro gostaria, mesmo sabendo que esse seria o caminho mais curto para se evitar uma confusão e ainda trazer alegria e paz ao coração de ambos. Nesta semana mesmo, eu estava dando o exemplo de como, numa determinada situação, podemos agir de forma sábia ou insensata. Vejo que muitas mulheres enfrentam o desafio de acalmar o esposo quando ele está dirigindo. É fácil para ele perder o controle com outro motorista, chegando a falar asperamente e, às vezes, até ameaçando ir às vias de fatos. Pois bem! A esposa ao seu lado pode falar assim: “Meu amor, deixe isso pra lá, porque você é muito especial para mim. Deus me livre de você se prejudicar por causa de um descontrolado. Você é o amor da minha vida”.

 

Outra coisa é, nessa mesma situação, a esposa dizer: “Isso, brigue, vá. Depois toma um tiro e ainda vai me deixar cheia de dívidas pra pagar”. Imagine em qual dessas duas formas de agir ela usou de sabedoria. Assim também acontece em muitas outras situações e em outras áreas de nossas vidas. Problemas podem ser evitados, confusões acalmadas, no momento que se age com sabedoria. Na Bíblia, a carta de Tiago diz assim: “Mas a sabedoria que vem do alto é antes de tudo pura; depois, pacífica, amável, compreensiva, cheia de misericórdia e de bons frutos, imparcial e sincera.” (Tiago 3:17).

 

Portanto, usemos de sabedoria para promover a paz, dentro de nossa casa, ao nosso coração e também às pessoas que nos cercam. Que Jesus Cristo nos torne sábios! Um forte abraço a todos e até a próxima oportunidade, se Deus disser que sim.

 

* Luiz Antonio da Silva, ministro do Evangelho, é pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular no bairro Jardins, em Aracaju, e Supervisor da igreja no Estado de Sergipe. Possui formação acadêmica em Teologia e graduação em Psicanálise Clínica, com pós-graduação em Teoria Psicanalítica. Também é graduado em Administração, com ênfase em Recursos Humanos e pós-graduação em Gestão Estratégica de Pessoas. Colunista no Jornal Correio de Sergipe e, agora, no Portal NaPolítica. Contato: luantosilva@msn.com

 

saiba mais



25-04-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter