Na Política

Biblia Online

17/01/13 | 04:21h (BSB)

Estância: Sem água, povo grita por solução

*Por Genílson Máximo

Os serviços essenciais à população não podem sofrer solução de continuidade. Do dia 1º até hoje (decorridos 15 dias), o abastecimento de água do Bairro Cidade Nova tem provocado tremenda dor de cabeça nos usuários. O bairro é um dos maiores logradouros da cidade e o seu consumo de água aumenta nesta época do ano, ao mesmo tempo em que os mananciais são reduzidos com a estiagem.

 

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), apesar de ser uma autarquia, está sob o comando do Prefeito Municipal, responsável pela indicação do diretor e dos demais servidores, esse tem a devida obrigação de fazer a empresa cumprir com o seu papel, fazer a água chegar às torneiras e a falta do precioso líquido tem acendido a revolta da população.

 

Nesses dias a população tem acentuado as cobranças nos meios de comunicação (rádios e redes sociais) pedindo uma solução para o problema. Na tarde desta quarta-feira, 16, o autônomo José Carlos (mototaxista) foi à emissora Ilha FM denunciar a falta de água e pedir que seja feito algo para atenuar a situação que afeta, principalmente, o Conjunto Santo Antônio, Paulo Amaral e comunidades afins.

 

A direção do SAAE tem se manifestado de forma tímida através da sua Assessoria de Comunicação (só fala na Rádio de Zé Nelson) que tem explicado que o nível de água está baixo, também algumas bombas apresentaram defeito, além de vazamentos no cano que abastece a Estação de Tratamento de Água (ETA) da Biriba.

 

Na sua Fan Page o SAAE tem postado que tem enviado carros-pipas para atender os locais mais afetados do referido bairro; segundo o autônomo José Carlos as pessoas têm comprado água ao preço de 10 e 12 reais o latão porque o carro pipa não atender a todos.

 

Com tantas cobranças em tão pouco tempo, a nova gestão - Prefeitura do Desenvolvimento - parece não ter ninguém que vá aos programas de rádios falar do que está sendo feito para atenuar o sofrimento da população. O prefeito municipal Carlos Magno parece estar insensível, por mais que as rádios locais em seus programas jornalísticos cobrem sua aparição, ele continua reticente, enquanto o povo clama.

 

Comentário: na gestão anterior havia uma manobra de chaves que alternava o fornecimento para a Cidade Nova e para os Conjuntos Paulo Amaral e Santo Antônio. Outra manobra era realizada para atender os usuários da Rua Camilo Calazans e Conjunto Valares. Além dos serviços de reparo e ampliação das Estações de Captação de Água da Biriba, implantação de motores bombas e outras ações precisas.

 

*Material enviado pelo internauta. De única responsabilidade do autor. 



24-08-2017
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter