Na Política

Biblia Online

18/12/12 | 00:22h (BSB)

Câncer de próstata tem cura!

Doença pode ser vencida quando descoberta a tempo

Ampliar Foto

Foto: Divulgação

O preconceito tem sido um fator agravante na identificação de doenças na próstata. Homens com mais de 45 anos de idade, ainda, relutam para procurar um urologista, mesmo consciente de sua importância. A glândula acessória do aparelho reprodutor, situada entre a bexiga e a uretra, pode se tornar em uma grande ameaça à vida, principalmente para aqueles que possuem antecedente familiar com câncer de próstata.

 

A próstata tem a função de produzir parte do sêmen, nutrir e proteger os espermatozoides, mas quando o homem chega a sua quarta década de vida, a glândula pode ser sede de diversas patologias, segundo o médico urologista Jorge do Prado Jr. “Os problemas mais frequentes são a Hiperplasia Benigna da Próstata- crescimento benigno da próstata, as Prostatites- inflamações da próstata, e o Câncer de próstata”, afirma.

 

Jorge Prado Jr. afirma que o acompanhamento de um urologista é fundamental para a prevenção do câncer de próstata

 

Para o médico, o diagnóstico precoce é essencial para o tratamento do câncer de próstata, já que ela possui a evolução mais grave. “A incidência é de 54/100000 casos novos (INCA-2010), constituindo como a neoplasia maligna não cutânea mais incidente no sexo masculino”, revela.  

 

O urologista explica, ainda, que a avaliação não é exatamente de prevenção, mas de detecção precoce de uma doença tratável, feita com a dosagem no sangue da enzima PSA sempre associado ao exame físico – o toque retal, que nada mais é do que a palpação digital da próstata, buscando sentir áreas ou nódulos suspeitos de câncer, constituindo-se em uma ferramenta importante para o diagnóstico.

 

O câncer de próstata como qualquer câncer pode ser curado através de cirurgias ou radioterapias quando tratado precocemente, isso significa que não se devem esperar os sintomas. Segundo Jorge Prado, quando eles aparecem é sinal de que a doença está avançada, sem condição de cura. “Os sintomas estão mais relacionados à Hiperplasia Benigna, são alterações do hábito urinário como dor e dificuldade de micção, aumento da frequência miccional diurna e noturna”, alerta.

 

Portanto, a atenção do homem deve ser dobrada quando se chega à casa dos quarenta, afinal de contas além da incidência familiar, outros fatores podem levar ao câncer de próstata. “A obesidade, a dieta rica em gordura saturada, tabagismo e, principalmente, o sedentarismo podem provocar a doença”, afirma. Inclusive, o urologista deixa claro que o sexo pode ser um fator de proteção, ou seja, sexo faz bem à saúde!

 



18-01-2019
 

 

 

Resultados - Eleições 2016

 

Setransp

 

 

Parceiros
TPM

 

Tudo Salvo

 

 

Fazer o Bem

 

Ciclo Urbano

 

Adjor

 

Sindjor

 

 

Twitter